Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Rua Baronesa Geraldo de Resende, 330, - Campinas, SP

(19) 3241-9713 | 3242-0899    (19) 99132-4922

contato@auxiliadoracampinas.org.br

Secretaria
Cantinho da liturgia › 14/02/2015

Tempo Comum – I – Encerramento

 

Cura do Leproso

A Cura do Leproso

 

  • Liturgia do 6º Domingo Comum
  •  1ª Leitura – (Lv 13,1-2.44-46)
  • Salmo – Salmo 31
  • 2ª Leitura – (1Cor 10,31-11,1)
  • Evangelho – (Mc 1,40-45)

 

  • Liturgia da segunda-feira da 6ª Semana Comum 
  • 1ª Leitura – (Gn 4,1-15.25)
  • Salmo – Salmo 49
  • Evangelho – (Mc 8,11-13)

 

  • Liturgia da terça-feira da 6ª Semana Comum
  • 1ª Leitura – (Gn 6,5-8;7,1-5.10)
  • Salmo – Salmo 28
  • Evangelho – (Mc 8,14-21)

 

Chegamos ao último fim de semana da primeira etapa do Tempo Comum e ,através deste tempo, conhecemos as primeiras pregações de Jesus Cristo, desde o início de seu ministério, após o Batismo, passando pelo chamado aos apóstolos, chegando aos sinais realizados, como a expulsão dos demônios e a cura ao leproso.

Esta etapa do Tempo Comum contou com 5 Domingos Comuns (2º,3º,4º,5º e 6º domingos), 5 semanas (1ª,2ª,3ª,4ª e 5ª) e parte da 6ª Semana Comum (segunda-feira (16/02) e terça-feira (17/02)).

No dia 18/02, iniciaremos o Ciclo Pascal, com o início da Quaresma, a quarta-feira de Cinzas. Neste momento, voltaremos com muitos aspectos vivenciados no Advento , mas adicionamos outros pontos importantíssimos para nossa reflexão e caminhada quaresmal.

O número de domingos comuns ,entre o Tempo do Natal e o Tempo da Quaresma, depende do dia da semana em que ocorrer o dia 25/12 e da data da Vigília Pascal (sempre em um sábado). A data da Páscoa é calculada pela observação ao Ciclo da Lua. Nos próximos posts, abordaremos sobre a Quaresma e entraremos na questão das datas móveis, que são as celebrações litúrgicas relacionadas ou calculadas, partindo-se da data da Vigília Pascal.

O Tempo Comum fará uma grande pausa, mas retornará em Maio, com a 8ª Semana Comum, mas seu primeiro domingo será o 9º Domingo Comum. Explicaremos sobre esta questão quando retomarmos este período litúrgico.

Apesar da ‘folia’ de carnaval, desde que vivida sob os valores de Deus, é importante encontrarmos espaço para a Eucaristia Dominical, não importando que seja um Domingo Comum. Aliás, durante o Tempo Comum, a Igreja nos convida à formação espiritual mais intensa, uma vez que não estamos concentrados nas maiores celebrações de Jesus Cristo, mas sim em seus ensinamentos evangélicos.

Celebraremos o 6º Domingo Comum no dia 14/02 – às 17:00 e no dia 15/02 – às 7:00, 8:30, 10:30 e 19:00. As missas da última semana comum antes da Quaresma, serão celebradas na segunda (16/02) e na terça (17/02), às 7:00 e às 19:30.

Por Thiago – Cantinho da Liturgia – Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

——————————————————————————————————————————————————-

  • Liturgia do 6º Domingo Comum
  •  1ª Leitura – (Lv 13,1-2.44-46)
  • Salmo – Salmo 31
  • 2ª Leitura – (1Cor 10,31-11,1)
  • Evangelho – (Mc 1,40-45)

Primeira Leitura

1O Senhor falou a Moisés e Aarão, dizendo: 2“Quando alguém tiver na pele do seu corpo alguma inflamação, erupção ou mancha branca, com aparência do mal da lepra, será levado ao sacerdote Aarão ou a um dos seus filhos sacerdotes.

44Se o homem estiver leproso é impuro, e como tal o sacerdote o deve declarar. 45O homem atingido por este mal andará com as vestes rasgadas, os cabelos em desordem e a barba coberta, gritando: ‘Impuro! Impuro!’

46Durante todo o tempo em que estiver leproso será impuro; e, sendo impuro, deve ficar isolado e morar fora do acampamento”.

Salmo

— Sois, Senhor, para mim, alegria e refúgio.

 — Feliz o homem que foi perdoado/ e cuja falta já foi encoberta!/ Feliz o homem a quem o Senhor/ não olha mais como sendo culpado,/ e em cuja alma não há falsidade!

— Eu confessei, afinal, meu pecado,/ e minha falta vos fiz conhecer./ Disse: “Eu irei confessar meu pecado!”/ E perdoastes, Senhor, minha falta.

— Regozijai-vos, ó justos, em Deus,/ e no Senhor exultai de alegria!/ Corações retos, cantai jubilosos!

2ª Leitura

Irmãos: 10,31Quer comais, quer bebais, quer façais qualquer outra coisa, fazei tudo para a glória de Deus.

32Não escandalizeis ninguém, nem judeus, nem gregos, nem a Igreja de Deus.

33Fazei como eu, que procuro agradar a todos, em tudo, não buscando o que é vantajoso para mim mesmo, mas o que é vantajoso para todos, a fim de que sejam salvos.

11,1Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo.

Evangelho

Naquele tempo, 40um leproso chegou perto de Jesus e, de joelhos, pediu: “Se queres, tens o poder de curar-me”.

41Jesus, cheio de compaixão, estendeu a mão, tocou nele e disse: “Eu quero: fica curado!”.

42No mesmo instante a lepra desapareceu e ele ficou curado.

43Então Jesus o mandou logo embora, 44falando com firmeza: “Não contes nada disso a ninguém! Vai, mostra-te ao sacerdote e oferece, pela tua purificação, o que Moisés ordenou, como prova para eles!”

45Ele foi e começou a contar e a divulgar muito o fato. Por isso Jesus não podia mais entrar publicamente numa cidade; ficava fora, em lugares desertos. E de toda parte vinham procurá-lo.

Deixe o seu comentário





[bws_google_captcha]

* campos obrigatórios.