Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Rua Baronesa Geraldo de Resende, 330, - Campinas, SP

(19) 3241-9713 | 3242-0899    (19) 99132-4922

contato@auxiliadoracampinas.org.br

Secretaria
Sem categoria › 17/05/2016

Símbolos da JMJ chegarão em Cracóvia dia 20 de maio

baner_symboleA peregrinação dos símbolos da JMJ será iniciada com uma cerimônia de inauguração no Santuário de São João Paulo II, em Cracóvia, cidade-sede da Jornada. Os símbolos serão trazidos pelos jovens da catedral greco-católica em Przemysl para o santuário, onde haverá uma Missa solene, presidida pelo Cardeal Stanislaw Dziwisz.

No dia 21 de maio, os símbolos da JMJ serão levados para o Santuário da Divina Misericórdia em Lagiewniki, e estarão presentes durante a conferência espiritual “Por nós e pelo mundo inteiro”.

“Este mês, a conferência começará mais cedo para que haja tempo para uma breve introdução, e às 16h30 os símbolos serão trazidos para a Basílica”, disse o padre Pawel Mielecki do Departamento de Pastoral do COL Cracóvia 2016.

Durante a peregrinação, os símbolos passarão por 45 decanatos, cerca de 200 paróquias e capelas, 50 escolas, mais de uma dezena de hospitais, assim como prisões e centros de recuperação em toda a arquidiocese. Eles também estarão presentes durante o show de evangelização na Praça do Mercado que acontecerá em 25 de maio. Jovens de várias comunidades poderão carregá-los durante a tradicional procissão de Corpus Christi da colina Wawel até a Praça do Mercado.

Os símbolos acompanham os jovens desde 1983, quando o Santo Padre João Paulo II ofereceu-os aos jovens por ocasião da inauguração do Ano Santo do Jubileu da Redenção. Desde então, os símbolos da JMJ peregrinaram ao redor do mundo.

“Os símbolos estiveram presentes em muitos lugares do mundo, o que destaca o caráter universal da peregrinação”, explica o padre Pawe? Mielecki. “Agora esses mesmos símbolos virão até nós. No início, eles estarão em lugares significativos como o Santuário de São João Paulo II, e depois irão visitar paróquias menores, comunidades, escolas. Um aspecto importante da peregrinação é que os símbolos também cheguem aos lugares onde as pessoas por algum motivo não podem ir à igreja para rezar, como hospitais, prisões, centros de recuperação, asilos”.

De acordo com a tradição, a diocese anfitriã da JMJ é o último lugar da peregrinação. Essa peregrinação começou já em abril de 2014 e os símbolos visitaram quase todas as dioceses da Polônia, assim como nações vizinhas: Bielorússia, Lituânia, Letônia, Rússia, Ucrânia, Moldávia, Romênia, Hungria, Eslováquia e República Tcheca.

A peregrinação durará até 25 de julho. Na semana dos Atos Centrais da JMJ, os símbolos estarão acessíveis aos peregrinos na Tenda de Adoração preparada no Parque Jordana, localizado próximo ao Parque Blonia, entre Al. 3 Maja, rua Reymana e a rua Reymonta. Eles também estarão presentes em todas as celebrações no Parque Blonia e no Campus Misericordiae.

Por Canção Nova, com krakow2016.com