Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Rua Baronesa Geraldo de Resende, 330, - Campinas, SP

(19) 3241-9713 | 3242-0899    (19) 99132-4922

contato@auxiliadoracampinas.org.br

Secretaria
Sem categoria › 01/08/2016

Pe. Lombardi: JMJ, uma grande mensagem de confiança para o futuro

ANSA960971_ArticoloO Papa Francisco concluiu sua viagem à Polônia. O avião papal decolou de Cracóvia em torno de 19:30, com quase uma hora de atraso, e desembarcou em Roma Fiumicino à 21:35 aproximadamente. Para um breve resumo da viagem, em especial da Jornada Mundial da Juventude, na Polônia, ouvimos – ao microfone de Sergio Centofanti – o diretor da Sala de Imprensa do Vaticano, padre Federico Lombardi, que hoje, depois de 10 anos, deixa o cargo de porta-voz vaticano:

Pe. Lombardi – A viagem parece ter sido um grande sucesso, porque foi um sucesso a Jornada Mundial da Juventude, que satisfez totalmente as expectativas quanto ao número de jovens presentes e ao clima em que foi realizada, com uma grande mensagem de esperança e de confiança para o futuro, em um momento em que há uma necessidade para isso. Esta foi a dimensão central da viagem do Papa. Foi a sua razão. Mas havia também – como sabemos – dois aspectos que também são extremamente importantes: o encontro com o povo da Polônia, com a celebração da 1.050º aniversário da conversão do país e a visita a Auschwitz.

RV – Como o Papa foi acolhido pelos poloneses?

Pe. Lombardi – O Papa foi muito bem recebido pelos poloneses, que naturalmente carregam a grande memória de João Paulo II, mas que veem nele a continuidade da mensagem, não só do ministério petrino, mas também a mensagem de misericórdia, que foi uma das características do pontificado de João Paulo II, em particular com a sua inspiração para o tema da misericórdia tirado aqui de Cracóvia, na tradição de Santa Faustina e da devoção à misericórdia.

RV – Foi muito bonito o último discurso do Papa aos jovens voluntários da JMJ…

Pe. Lombardi – Sim, eu acho que foi um bom resumo do dia de hoje, porque citou as palavras-chaves: memória, memória do passado; coragem para o presente, e isto torna-se esperança, esperança para o futuro. Eu acredito que é a mensagem de toda a Jornada Mundial da Juventude.

Por Redação, com Rádio Vaticano em italiano