Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Rua Baronesa Geraldo de Resende, 330, - Campinas, SP

(19) 3241-9713 | 3242-0899    (19) 99132-4922

contato@auxiliadoracampinas.org.br

Secretaria
Sem categoria › 10/05/2016

Organizada mostra de históricos documentos vaticanos

Bula1575_OperaRomanaPellegrinaggi_050516O escritório de peregrinações da Diocese de Roma (Itália) organiza uma exibição de antigos documentos relacionados aos jubileus na Igreja desde o ano 1300, com o objetivo de promover um olhar histórico ao Ano da Misericórdia.

Peregrinatio Sancta. As bulas de jubileus dos Arquivos Secretos do Vaticano é o nome da exposição das bulas papais de convocatória dos anos jubilares entre 1300 e 2000, um evento organizado pela Opera Romana Pellegrinaggi.

Estes documentos não costumam estar disponíveis ao público e se restringem aos peritos profissionais e especialistas dedicados à conservação que trabalham com os Arquivos Secretos do Vaticano.

A exposição também conta com bulas dos arquivos das Cartas de São Pedro guardadas na Biblioteca do Vaticano, assim como os chamados “incunábulo” – livros impressos antes do ano 1500 – armazenados na Biblioteca Casanatense.

A mostra acontece desde o dia 3 de maio até 31 de julho na sala Palazzo do Vicariato Vechio, também contém textos explicativos em inglês e italiano acerca do contexto histórico de cada ano jubilar.

As bulas papais são um tipo de carta cujo nome se deve ao selo de chumbo, ou bula, que é anexada a elas para verificar sua autenticidade.

Historicamente foi por meio destes documentos que convocaram os anos jubilares. Os jubileus têm raízes bíblicas: no tempo da Lei Mosaica quando se estabeleceu que os anos jubilares aconteceriam a cada 50 anos como mostra da misericórdia de Deus pela libertação dos escravos e pelo perdão das dívidas.

No ano 1300, o Papa Bonifácio VIII restabeleceu formalmente esta prática e os peregrinos que chegavam a Roma obtinham a indulgência plenária sob as condições habituais. Entre os anos 1300 e 2000 foram celebrados 29 anos jubilares em Roma.

O Papa Francisco convocou o Jubileu da Misericórdia, um Ano Santo Extraordinário, que começou no dia 8 de dezembro de 2015, na Solenidade da Imaculada Conceição, e terminará em 20 de novembro de 2016, na Solenidade de Cristo Rei.

O Santo Padre inaugurou oficialmente o Jubileu da Misericórdia com a abertura da Porta Santa da Basílica de São Pedro.

Os peregrinos que cruzam esta porta – que somente é aberta durante os anos de jubileu, normalmente a cada 25 anos ou quando um Papa convoca um Jubileu extraordinário – podem obter uma indulgência plenária seguindo as condições habituais como a confissão, a comunhão e a oração pelas intenções do Papa.

Por ACI