Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

Rua Baronesa Geraldo de Resende, 330, - Campinas, SP

(19) 3241-9713 | 3242-0899    (19) 99132-4922

contato@auxiliadoracampinas.org.br

Secretaria
Sem categoria › 25/07/2016

Greenpeace chama à conversão e agradece ao Papa por Laudato si

kajsonyEm preparação para o Dia Mundial da Juventude, em Cracóvia, ativistas do Greenpeace de Polônia, Alemanha, França e Croácia se reuniram na margem do rio Vístula para agradecer ao Papa Francisco pela mensagem ambiental propagada na recente encíclica Laudato si.

Uma enorme faixa levada em caiaques mostrava uma imagem do Papa ao lado de suas palavras: “A mudança climática é um problema que não pode mais ser delegado para as gerações futuras”.

Em nota divulgada à imprensa, o movimento ecologista Greenpeace afirma:

“As mudanças climáticas são a maior ameaça que a humanidade enfrenta. Milhões de pessoas já estão sofrendo com secas e inundações prolongadas. Com as temperaturas globais subindo, o problema só vai piorar. Os cientistas estimam que um aumento de 2°C na temperatura global causará alterações climáticas catastróficas que vão prejudicar muitas pessoas em todo o mundo. A fim de evitar o pior cenário, a comunidade global deve reduzir radicalmente as emissões de gases de efeito estufa”.

“Estamos comemorando o primeiro aniversário da encíclica Laudato si, que abordou os maiores desafios da humanidade, como a destruição do meio ambiente, as alterações climáticas e a pobreza. Em sua encíclica, o Papa Francisco pede à comunidade internacional para reduzir o consumo de combustíveis fósseis e converter a economia para a energia renovável. Todo país deve levar esta mensagem a sério”, assina Katarzyna Guzek, porta-voz do Greenpeace na Polônia.

Conversão da economia e uso de energias renováveis

Com a manifestação no rio Vístula, os ambientalistas procuraram destacar o fato de que a redução de emissões de gases de efeito estufa não é apenas importante, mas urgente. E que isto não pode ser feito sem a conversão da energia para as renováveis, em particular na Polônia, onde a grande maioria da energia é produzida a partir de combustíveis fósseis.

O Greenpeace é uma organização global cuja missão é proteger o meio ambiente, promover a paz e inspirar mudanças de atitudes que garantam um futuro mais verde e limpo para esta e para as futuras gerações.

Por Rádio Vaticano