Missa Votiva de Nossa Senhora Aparecida

  • Missa Votiva, Cor Branca , Gl, Cr, Prefácio Próprio
  • Ofício do comum de Nossa Senhora
  • Tempo Comum
  • 1ª Leitura – (Est 5,1b-2;7,2b-3)
  • Salmo – 44
  • 2ª Leitura – (Ap 12,1.5.13a.15-16a)
  • Evangelho – (Jo 2,1-11)

INTROITO: Com grande alegria rejubilo-me no Senhor, e minha alma exultará no meu Deus, pois me revestiu de justiça e salvação, como a noiva ornada de suas jóias.

COMUNHÃO: Seus filhos se erguem para proclamá-la bem-aventurada. Ela se levanta antes da aurora para dar o alimento a da um (Pr 31,28.15).

———————————————————————————————————————

Neste ano Mariano, as paróquias receberão a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida. Nossa paróquia, Nossa Senhora Auxiliadora, receberá a imagem na sexta-feira, com a missa das 19h30. No sábado, às 7h00, ocorrerá outra missa votiva, com a mesma liturgia da sexta-feira.

Também haverá atividades no sábado, com o terço às 8h e às 10h.

Uma missa votiva é a celebração de algum aspecto do mistério pascal de Jesus. É a devoção popular aos santos e aos mistérios da encarnação,manifestação, paixão e morte, ressurreição e ascensão de Cristo. Como exemplo, podemos citar a devoção mensal ao Sagrado Coração de Jesus.

Na liturgia, é possível fazer uma missa votiva com apenas a troca dos cânticos (antífonas) e orações (coleta, oferendas e comunhão), mantendo a liturgia da palavra como a do dia. Mas existe a opção, quando houver necessidade pastoral, em alterar a liturgia da palavra para as leituras da devoção. A celebração de devoções (com ou sem alteração na liturgia da palavra) só é permitida nas férias do Tempo Comum, do Tempo do Natal e do Tempo da Páscoa. Em raros casos, nos domingos do Tempo Comum.

Por recebermos a imagem peregrina em comemoração ao ano mariano, é essencial celebrarmos Aparecida, como no dia 12 de outubro.

As missas votivas de aparecida ocorrerão às 19h30 dexta sexta-feita (1301) e no sábado (14/01), às 7h. A missa das 18h30 do sábado permanecerá do 2º Domingo do Tempo Comum, com a consagração à Nossa Senhora Aparecida.


  • Missa Votiva, Cor Branca , Gl, Cr, Prefácio Próprio
  • Ofício do comum de Nossa Senhora
  • Tempo Comum
  • 1ª Leitura – (Est 5,1b-2;7,2b-3)
  • Salmo – 44
  • 2ª Leitura – (Ap 12,1.5.13a.15-16a)
  • Evangelho – (Jo 2,1-11)

INTROITO: Com grande alegria rejubilo-me no Senhor, e minha alma exultará no meu Deus, pois me revestiu de justiça e salvação, como a noiva ornada de suas jóias.

COMUNHÃO: Seus filhos se erguem para proclamá-la bem-aventurada. Ela se levanta antes da aurora para dar o alimento a da um (Pr 31,28.15).

1ª Leitura

Leitura do livro de Ester.

1bEster revestiu-se com vestes de rainha e foi colocar-se no vestíbulo interno do palácio real, frente à residência do rei. O rei estava sentado no trono real, na sala do trono, frente à entrada. 2Ao ver a rainha Ester parada no vestíbulo, olhou para ela com agrado e estendeu-lhe o cetro de ouro que tinha na mão, e Ester aproximou-se para tocar a ponta do cetro.

7,2bEntão, o rei lhe disse: “O que me pedes, Ester; o que queres que eu faça? Ainda que me pedisses a metade do meu reino, ela te seria concedida”.

3Ester respondeu-lhe: “Se ganhei as tuas boas graças, ó rei, e se for de teu agrado, concede-me a vida — eis o meu pedido! — e a vida do meu povo — eis o meu desejo!”

Salmo Responsórial

— Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto:/ que o Rei se encante com vossa beleza!

 — Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto:/ “Esquecei vosso povo e a casa paterna!/ Que o Rei se encante com vossa beleza!/ Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor!

— O povo de Tiro vos traz seus presentes,/ os grandes do povo vos pedem favores./ Majestosa, a princesa real vem chegando,/ vestida de ricos brocados de ouro.

— Em vestes vistosas ao Rei se dirige/ e as virgens amigas lhe formam cortejo;/ entre cantos de festa e com grande alegria,/ ingressam, então, no palácio real”.

2ª Leitura

Leitura do livro do Apocalipse de São João.

1Apareceu no céu um grande sinal: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos pés e sobre a cabeça uma coroa de doze estrelas. 5E ela deu à luz um filho homem, que veio para governar todas as nações com cetro de ferro. Mas o filho foi levado para junto de Deus e do seu trono.

13aQuando viu que tinha sido expulso para a terra, o dragão começou a perseguir a mulher que tinha dado à luz o menino.

15A serpente, então, vomitou como um rio de água atrás da mulher, a fim de a submergir. 16aA terra, porém, veio em socorro da mulher.

EVANGELHO

R: Aleluia, aleluia, aleluia.

V:. Disse a mãe de Jesus aos serventes: “Fazei tudo o que ele disser!” (Jo 2,5). R.

— O Senhor esteja convosco.

— ELE ESTÁ NO MEIO DE NÓS.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo João.

— GLÓRIA A VÓS, SENHOR.

Naquele tempo, 1houve um casamento em Caná da Galileia. A mãe de Jesus estava presente. 2Também Jesus e seus discípulos tinham sido convidados para o casamento. 3Como o vinho veio a faltar, a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho”.

4Jesus respondeu-lhe: “Mulher, por que dizes isto a mim? Minha hora ainda não chegou”.

5Sua mãe disse aos que estavam servindo: “Fazei o que ele vos disser!”.

6Estavam seis talhas de pedra colocadas aí para a purificação que os judeus costumam fazer. Em cada uma delas cabiam mais ou menos cem litros.

7Jesus disse aos que estavam servindo: “Enchei as talhas de água!”. Encheram-nas até a boca. 8Jesus disse: “Agora tirai e levai ao mestre-sala!”. E eles levaram. 9O mestre-sala experimentou a água que se tinha transformado em vinho. Ele não sabia de onde vinha, mas os que estavam servindo sabiam, pois eram eles que tinham tirado a água.

10O mestre-sala chamou então o noivo e lhe disse: “Todo mundo serve primeiro o vinho melhor e, quando os convidados já estão embriagados, serve o vinho menos bom. Mas tu guardaste o vinho melhor até agora!”

11Este foi o início dos sinais de Jesus. Ele o realizou em Caná da Galileia e manifestou a sua glória, e seus discípulos creram nele.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.