História

Liceu 1897A história de nossa Paróquia remete ao final do Século XIX, quando a cidade de Campinas sofria uma grande epidemia de febre amarela, tendo a população devastada por esta epidemia. Grandes foram os esforços das autoridades, com reformas de saneamento básico, que trouxeram nova configuração urbana para a cidade.

Toda a sociedade se mobilizou para diante dos problemas gerados pela febre amarela. E aqui, destacamos a figura de Maria Umbelina Couto (1848 – 1903), que se compadeceu das crianças e jovens que perderam seus entes vítimas da epidemia. E quis criar uma entidade que os acolhessem. Angariando recursos financeiros junto a parentes e toda a sociedade campineira. Com ajuda de Cônego João Batista Correia Nery, que viria a se tornar o primeiro bispo de Campinas, e os benfeitores Geraldo Ribeiro de Sousa Resende e Maria Amélia Barbosa de Oliveira (Barão e Baronesa Geraldo de Resende), e o casal Francisco Bueno e Miranda e Amélia Alves Bueno de Miranda – doadores do terreno onde foi erguido o colégio e abrigo.

Inaugurado em 1897, foCapela do Colégio início da década de 60i entregue aos cuidados dos padres salesianos pelo Cônego João Batista Correia Nery, tornando-se Lyceu de Artes e Officios Nossa Senhora Auxiliadora. Mantendo em seu espaço uma Capela, que acolhia a comunidade da Instituição, cristãos da região e catequizar seus alunos.

Desde a chegada a Campinas e por mais de cinquenta anos os salesianos desejavam a construção de um templo dedicado a Nossa Senhora Auxiliadora junto ao Liceu Salesiano Nossa Senhora Auxiliadora. Foram, ao todo, seis pedras fundamentais lançadas, sendo a primeira em 1917 e a última e definitiva em 24 de Maio de 1964.Construção do Templo

A década de 1960 foi para Campinas sinônimo de crescimento, e a Igreja Católica seguiu este crescimento, em 27 de Novembro de 1963 foram criadas quatro novas paróquias, sendo elas: Santa Teresa, Santa Cruz, Santa Izabel e Nossa Senhora Auxiliadora. Provisoriamente a Paróquia funcionava na Capela do Liceu Nossa Senhora Auxiliadora.

Primeira Maquete datada de 1908A Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora foi fruto do desmembramento de outras duas paróquias, Nossa Senhora de Fátima e Nossa Senhora das Graças. Abrangia 30km2 e uma população de 12 mil fiéis. Inaugurada oficialmente no dia 22 de Dezembro de 1963 em missa solene cantada por Dom Paulo de Tarso Campos, na qual foi empossado como primeiro Pároco Padre João Baldan.

A capela se tornaria, em pouco tempo, pequena para abrigar todas as atividades que a paróquia exercia. Fazia-se necessário a construção de um Templo consagrado a Nossa Senhora Auxiliadora. Com grande empenho e vontade Padre Baldan garantiu que dessa vez o projeto sairia do papel, e assim o fez. Os trabalhos de construção do templo teve seu início em 24 de Maio de 1964, dia propício e abençoado, dia de celebração de Nossa Senhora Auxiliadora.Igreja Externa Concluida 1967

No dia 22 de Fevereiro de 1966 foi realizada a primeira missa no novo templo, ainda inacabada, sem decorações e em chão de terra batida, Padre Salvador de Bonis, então Inspetor Salesiano celebrou a missa e benzeu solenemente o novo templo. Em 24 de Maio de 1967 em nova solenidade, foi inaugurada a igreja, assim, a paróquia deixou a capela do colégio e começou a funcionar definitivamente no novo templo, decorado e com piso de granito. Por fim em 28 de Outubro de 1973, quase 10 anos após o início a construção foi finalmente completada, com todos os detalhes decorativos. Nesta data realizou-se a celebração de Dedicação e Sagração da Igreja Nossa Senhora Auxiliadora, celebrada por Dom Antônio Maria Alves de Siqueira (Arcebispo Metropolitano de Campinas) e presenciada por cerca de 5000 mil pessoas que lotaram a igreja.